quarta-feira, maio 30, 2007

Rua Uruguaiana



Em 1641, abriu-se uma vala para o escoamento das águas de um banhado que existia ao pé do morro de Santo Antonio (onde hoje é o Largo da Carioca). A vala ficava à beira de uma rua que, a partir de então, seria conhecida como da Vala.

Após as invasões francesas de 1710-1711, foi construído um muro, ao longo da vala, visando a defesa da cidade. Logo, logo, esse muro, além de demonstrar não servir como obra de defesa, tornou-se um estorvo ao crescimento da cidade. Os vereadores queriam demoli-lo, com o que não concordava o Governador Luís Vahía Monteiro, o Onça, que acabou por ver a vala coberta, e o murro derrubado para que a expansão da cidade pudesse avançar pelo campo, vencendo alagadiços e mangues.

Depois de ser, por mais de dois séculos a Rua da Vala, a via teve seu nome alterado para Uruguaiana, para lembrar a cidade gaúcha onde, em 1865, diante de Pedro II e dos presidentes da Argentina e do Uruguai, ocorrera a rendição do Gen Estigarribia que, à frente de tropas paraguaias, havia invadido o Rio Grando do Sul.

Atendendo à sugestão de Gabriel, acrescentei uma foto, de 1906, da esquina das Ruas Uruguaiana e Carioca.

Um comentário:

Gabriel disse...

Seria interessante obter uma foto da Rua Uruguaiana mesmo vista a partir do Largo da Carioca.