quarta-feira, abril 30, 2008

Praça José de Alencar


Uma ponte construída por Antonio Salema sobre o rio Carioca, ainda no séc. XVII, transformou-se em ponto de convergência de várias ruas: o Caminho Velho de Botafogo (atual Senador Vergueiro), o Caminho Novo de Botafogo (Marquês de Abrantes), ruas do Catete, Conde de Baependi e Barão do Flamengo. Houve tempo em que se cobrava pedágio para cruzar a ponte, segundo nos conta Vivaldo Coaracy.

O local conhecido inicialmente como Largo do Salema, foi, ao longo do tempo, mudando de nome, Largo da Ponte do Catete, Largo do Catete, Praça Ferreira Viana, até que em 1897, teve seu nome trocado para Praça José de Alencar, com a inauguração do monumento ao romancista, obra de Bernardelli. As pontes eram substituídas por novas até que, no início do séc.XX, Pereira Passos promoveu a canalização do rio Carioca.

Entre as ruas Sen. Vergueiro e Barão do Flamengo ficava o Hotel dos Estrangeiros, em cujo saguão foi apunhalado pelas costas o político gaúcho Pinheiro Machado, em setembro de 1915.

As fotos mostram a estátua de Alencar diante do Hotel escondido atrás das folhagens; e uma vista da Praça desde o alto do Hotel, em 1906.





Um comentário:

love disse...

Olá, estou me formando esse ano em Históra e me interesso pela nossa bela História do Rio de Janeiro. Adorei ter encontardo um blog com esta iniciativa, de reviver e recontar a nossa história.

Parabéns.

Shirlene de Carvalho