quarta-feira, julho 09, 2008

Rua Direita


Uma das primeiras ruas do Rio de Janeiro; em torno dela foi se formando a cidade na planície. Teve vários nomes ao longo do tempo. Caminho de Manoel Brito, Direita do Carmo para São Bento, Direita para Misericórdia, Rua que vai para São José, entre outras designações. Era continuação da Rua da Misericórdia, que levava à Ladeira de mesmo nome, um dos acessos ao Morro do Castelo. Passou a Primeiro de Março em comemoração ao fim da Guerra do Paraguai, ocorrida neste dia de 1870. Foi a principal rua da cidade até a abertura da Av. Central (depois Rio Branco).

A foto é de Marc Ferrez, tomada do Morro do Castelo, em 1885.

Vale um passeio visual tentando identificar alguns pontos e o que ainda permanece no cenário da cidade. As torres da igreja de São José e a já desaparecida passarela para o convento do Carmo; pouco mais além, a torre da antiga Sé e as duas da igreja da Ordem Terceira de NªSª do Carmo. Na atual Praça 15, parte do Paço; o chafariz da pirâmide; o desaparecido Hotel Pharoux; o palacete dos Teles de que resta hoje a fachada e o arco que dá passagem à Travessa do Comércio. O edificio em H que abrigou o Min da Agricultura e o Min da Viação e Obras Públicas até ser demolido em 1935. Mais à distância, a cúpula e as torres da Candelária. Ao longe, à esquerda, o Morro da Conceição; e à direita, as torres da igreja de NªSª do Monte Serrat, o convento de São Bento, a carreira coberta do Arsenal de Marinha, e a Ilha das Cobras, ainda sem a ponte que a liga ao continente.

2 comentários:

Antonio Cesar Designer disse...

Excelente blog! Muito, muito bom mesmo! Parabéns!

Conceição Silva de Araújo disse...

Estou amando o seu blog, estou aprendendo mtas coisas, obrigada!